quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Coleção Vaquejada de Steve Bezerra

VAQUEJADA – Consultor: Treinador Steve Bezerra
Vídeos filmados em Saloá e Garanhuns - PE.
1- DVD - Doma Racional para cavalos de Vaquejada – Com 3 Discos
2- DVD - Treinamento Báscio de Rédeas para Cav Vaquejada – Com 01 Disco
3- DVD - Sistema de Treinamento para cavalos de Vaquejada- Com 01 Disco
4- DVD - Correção de cavalos de Vaquejada – Com 01 Disco
5- DVD  - Arreios para Cavalos de Vaquejada- Com 01 Disco

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Como fazer um jardim

Ter um belo jardim em sua casa é um prazer inesquecível! Poder planejar, executar o plantio ou mesmo acompanhar esta etapa tona o dia a dia especial. As flores trazem um encantamento especial, podemos planejar o jardim de forma que este esteja florescendo todo o ano e não apenas na primavera! Vale a pena experimentar!

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Iniciação a Rédeas

Guia Prático da Doma - Iniciação a Rédeas

O curso inicia mostrando de forma rápida os exercícios de doma que o treinador Paulo Nazário faz uso. Eles são a base para o treinamento que se segue.

Após isso, o curso passa a ser ministrado em dias: Do primeiro até o décimo dia, com exercícios detalhados que são realizados no redondel. Para finalizar, Paulo Nazário refaz os mesmos exercícios numa pista, utilizando uma área ampla.
Tudo muito prático, onde você vê, você faz e os resultados aparecem!

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Equitação e Atrelagem

Diretrizes para Equitação e Atrelagem

Este livro é a tradução do original alemão "Richtlinien für Reiten und Fahren Band 1"
Prefácio da Edição Alemã
Há 40 anos, foi lançada na Alemanha a primeira edição das Diretrizes para Equitação e Atrelagem. Desde então foram publicadas 28 edições com mais de 250.000 exemplares. Em seus diversos volumes, as "Diretrizes" constituem a referência padrão para o conhecimento básico sobre cavalos e esportes equestres. Para uso internacional, foram traduzidas para o inglês e o espanhol, entre outros idiomas.
Mantendo as normas de equitação comprovadas em décadas passadas, o volume 1 das Diretrizes pretende garantir uma formação básica padronizada nos clubes hípicos, nas escolas de equitação e nos estabelecimentos particulares. A formação de cavalo e de cavaleiro dá-se segundo os princípios da equitação clássica. Neste processo, algumas máximas são sempre respeitadas:
- o cavalo bem treinado é o melhor professor;
- um cavalo jovem deve ser montado por um cavaleiro experiente.
A formação elementar aqui descrita serve não apenas pra a preparação para competições e provas funcionais, porém antes disto pretende criar os pré-requisitos para todas as atividades relacionadas ao esporte equestre. A observância destes princípios leva ao treinamento correto do cavalo, possibilitando ao cavaleiro praticar seu esporte comprazer e segurança.
Nessa edição totalmente revista, foram alteradas subdivisão, aparência e ilustrações. As considerações psicológicas referentes à colaboração entre cavalo e cavaleiro recebem maior consideração. Além disto, foram ampliadas e complementadas as seções de trabalho de salto e de cross-coutry, para realçar o valor de uma formação básica diversificada.
As "Diretrizes para Equitação e Atrelagem" são parte integrante do ensino clássico da equitação e da atrelagem. Elas são o fundamento para a formação de todos os cavaleiros, condutores e juízes que se sentem comprometidos com esse ensino.
Concluindo, o respeito aos "princípios éticos" é um compromisso para todos aqueles envolvidos com cavalos.
FN(Federação Equestre Alemã) - Setor de Esportes
Maio de 1994
28ªEdição - Ano 2005

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Aprenda tudo sobre cavalos


Neste departamento você encontra videocursos sobre Cavalos. São produzidos para transmitir as melhores técnicas de cada modalidade à você. O Brasil é um pais de extensão continental, formado por diversas etnias, o que proporciona também variados costumes. E na equinocultura não poderia ser diferente! As principais raças de cavalos do Brasil são: Na região sul a raça Crioula reina absoluta, onde o marco é a prova do Freio de Ouro. Na região Norte e Nordeste, temos a modalidade da Vaquejada, onde vaqueiros tem o desafio de derrubar um boi entre duas faixas, numa pista desafiadora. Nesta modalidade a raça Quarto de Milha prenomina. Em Minas Gerais a raça Mangalarga Marchador tem a preferência. No Estado de São Paulo existem muitos nichos, novamente o Quarto de Milha entra no quadro das preferências, também o Mangalarga, o BH, o Andaluz Brasileiro, o Lusitano, o Puro Sangue Inglês, a raça Árabe, o Percheron e o Campolina são muito criados. Destacando: Quarto De Milha Selecionada nos Estados Unidos da América, a partir dos cavalos selvagens "Mustangs" de origem berbere e árabe, introduzidos na América pelos colonizadores espanhóis. A partir de 1611, com a chegada de algumas éguas vindas da Inglaterra, cruzadas com os garanhões "Mustangs", deu como resultado animais compactos, extremamente dóceis, muito musculosos e capazes de percorrerem pequenas distâncias com mais rapidez que quaisquer outras raças. Sua seleção foi direcionada para produzir animais de trabalho e lida com o gado, tornando-o imbatível para a condução do gado e captura de reses desgarradas, graças à sua velocidade em curtas distâncias. Atualmente cruzados com o Puro Sangue Inglês dão excelentes animais de corrida, imbatíveis nas curtas distâncias. O Quarto de Milha foi introduzido no Brasil em 1954, por iniciativa da empresa King Ranch, na região de Presidente Prudente. Características: Cavalos muito versáteis, dóceis, rústicos e inteligentes com altura média de 1.52m, cabeça pequena, fronte ampla, perfil reto, olhos grandes e bem afastados. Pescoço piramidal com linha superior reta, dorso e lombo curtos, garupa levemente inclinada, peito profundo, membros fortes e providos de excelente musculatura. Aptidões: Considerado um dos cavalos mais versáteis do mundo, pode ser utilizado nas corridas planas, salto, provas de rédeas, tambores, balizas, hipismo rural e lida com o gado.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

A criação de rãs

Já é possível criar rãs em praticamente todo o país, e com produtividade. Nas regiões mais frias, onde a ranicultura era praticamente inviável, é possível alcançar ótimos resultados. A fórmula nao é nenhum milagre. É a criação de rãs em estufas agrícolas. Nelas, consegue se manter uma temperatura ambiente mais próxima possível da ideal para as rãs.

Conteúdo: Introdução, Aspectos Biológicos da Rã Touro, Aspectos Importantes para Escolha do Local, Manejo Sanitário do Ranário, Principais Indices Zootécnicos e Receitas.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Em "Biodigestor - Geração e Utilização de Biogás", você verá os benefícios que um biodigestor traz para a propriedade. Entre eles, energia elétrica para, por exemplo aquecer pintainhos, ter água quente para lavar os equipamentos da ordenha, movimentar motores, etc. É possível utilizar variados tipos de dejetos, como o de suínos, aves, gado de leite e corte, caprinos, ovinos, eqüinos e etc.

Conteúdo:

-A tecnologia

-O biodigestor

-O biogás

-O biofertilizante

-O dimensionamento

-Construção

-Orçamento da obra.

Parceria: Embrapa Suínos e Aves
Duração Aproximada: 60 Minutos.